Congresso Ambiental VIEX

Um encontro sem precedentes

0
Participantes
0
Palestrantes
0
Patrocinadores
0
Metros quadrados

O grande encontro de líderes e profissionais de meio ambiente e sustentabilidade

O Congresso Ambiental 2023

A 6ª edição do Congresso Ambiental realizada em agosto de 2023 consolidou a iniciativa como o mais notável encontro de líderes e profissionais engajados em suas visões sobre as melhores práticas ambientais do setor industrial e o futuro da sustentabilidade alinhada com as políticas empresariais e públicas.

Em 2023 o CAMBI trouxe à tona discussões acerca das práticas ESG, mudanças climáticas, regras relacionadas ao licenciamento ambiental, melhores práticas ambientais implementadas pelas empresas e as condutas socioambientais adotadas pelas lideranças no cenário brasileiro, além de uma oportunidade excepcional para revitalizar conexões com amigos, parceiros e para cultivar novos contatos.

O evento reuniu mais de 150 palestrantes, 60 patrocinadores e 1500 participantes realizado em um novo espaço com uma área de seis mil metros quadrados, projetado para proporcionar conforto a todos os presentes, incluindo um restaurante exclusivo e opções de alimentação oferecidas por food park. O Congresso também se notabilizou pela qualidade de seu conteúdo, que incluiu a participação de autoridades governamentais, líderes da indústria, especialistas renomados e representantes da sociedade civil organizada, além de facilitar valiosas oportunidades de networking, disponibilizando salas de reunião e oferecendo sessões sociais como festas e coquetéis, seguindo o padrão VIEX.

Com vislumbres promissores para o próximo ano, o CAMBI 23 se encerrou com a promessa de novidades emocionantes para 2024.

Principais Temas

O CAMBI deste ano trouxe uma variedade de empresas e setores para as discussões, dentre eles encontramos empresas de alimentos e bebidas, cosméticos, serviços, indústrias, varejo, instituições e associações não governamentais, autoridades de governo, entre outros. Entre os palestrantes deste ano, o CAMBI teve a participação de representantes de organizações como: Suzano, Arteris, Braskem, PepsiCo Brasil, Renner, Nestlé, Pantys, Beef Passion, AMA, Wewish, Natura, e outras que se comprometem com a agenda sustentável. Além disso, este ano teve-se uma forte adesão dos representantes governamentais para debater estratégias dos estados no setor ambiental e social e a participação da Denise Hills, que é um grande nome na área de sustentabilidade.

Quem participou

O 6° Congresso Ambiental (CAMBI) desempenhou um papel crucial, proporcionando um espaço onde líderes empresariais, autoridades governamentais, profissionais do meio ambiente e da sustentabilidade, pesquisadores e outros especialistas pudessem compartilhar suas visões em relação às melhores práticas ambientais em diversos setores da indústria, assim como discutir o futuro da diversidade, crescimento sustentável alinhado com as políticas empresariais e públicas. Isso inclui abordagens inovadoras para redução de emissões, eficiência energética, gestão de resíduos, conservação da biodiversidade e muito mais, abrangendo os variados setores que compõem a economia moderna.

Empresas de infraestrutura - rodovias, ferrovias, portos, aeroportos, energia, saneamento
Representantes de Governos Estaduais e Federal
Indústrias e comércio de diversos setores
Bancos de investimento e entidades de fomento
Fornecedores de Equipamentos e Serviços
Especialistas, ONGs e terceiro setor
Academia, centros de pesquisa e excelência

Um ambiente com a cara do evento

Um novo espaço, onde todo o ecossistema foi adaptado para que a cultura viética se aflorasse, acolhendo e atendendo tanto participantes, quanto palestrantes e patrocinadores no próprio evento. O CAMBI valorizou a luz natural como fonte de iluminação, criando uma atmosfera mais conectada com a natureza e reduzindo a necessidade de iluminação artificial e com muito verde.

A infraestrutura do local incluiu três salas de sessões técnicas, assim como salas de reuniões e espaços de coworking. Essa variedade de ambientes permitiu atender a diversas demandas, desde apresentações formais até encontros mais informais e colaborativos. Além disso, uma variedade de opções gastronômicas estavam disponíveis entre o restaurante e o food park criado. A VIEX ainda proporcionou vans para o traslado aos hotéis de todos os presentes.

Ações promocionais

Tivemos o privilégio de contar com a participação de empresas parceiras, que trouxeram uma dimensão extra à experiência dos participantes. As ações promocionais cuidadosamente planejadas e executadas foram um verdadeiro destaque em nosso evento.

Cada empresa parceira trouxe sua singularidade, apresentando seus produtos e serviços de maneira criativa. Tivemos o prazer de distribuir o novo lançamento da Nestlé, que trouxe sorrisos e momentos de satisfação e claro, não deixando de estender o sentimento para as palestras, onde pudemos contar com sorteios de produtos fornecidos pela Pantys e Beef Passion, trazendo ainda mais interação com o público. E para tornar a experiência completa, os participantes puderam se refrescar com as bebidas sustentáveis da Wewi, durante todo o dia.

Ações ambientais

Iluminando Vidas com o “Litro de Luz”

Uma das iniciativas mais inspiradoras durante o Congresso foi a implementação do projeto “Litro de Luz”. Esse projeto visa combater a falta de iluminação adequada em comunidades de baixa renda, utilizando materiais simples como canos de PVC e garrafas PET, que são transformados em luminárias solares oferecendo a essas famílias atividades básicas como jantar, encontrar um remédio, amamentar, ler, andar, além de descartar o uso de lampião à querosene que traz malefícios à saúde e causa poluição. 

Durante dois períodos do dia 2 de agosto, o projeto ofereceu capacitação para a instalação dessas luminárias que não apenas melhorou a qualidade de vida das comunidades, mas também impulsionou o compromisso do Congresso Ambiental em promover soluções acessíveis e práticas para questões ambientais.

Voltalia: Transformando todo o evento com Energia Renovável

Através desta colaboração, o evento se comprometeu a transformar toda a energia em renovável, certificada por RECs (Certificados de Energia Renovável), demonstrando o compromisso em alinhar-se com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Ao adotar essa abordagem, o Congresso Ambiental estabeleceu um exemplo poderoso de como grandes eventos podem reduzir seu impacto ambiental e contribuir para um futuro mais limpo e sustentável.

Musa: Revolucionando o Gerenciamento de Resíduos

“Cada um de nós produz em média 1kg de resíduo por dia, você já parou para pensar para onde vai tudo isso?”

Outra ação, não menos importante durante o evento, foi a parceria com a empresa “Musa”, que trouxe uma solução inovadora para o gerenciamento de resíduos. Com mais de 50 lixeiras estrategicamente posicionadas no evento, a Musa possibilitou o reaproveitamento total dos resíduos produzidos. Sendo, 4,54kg de adubo gerado a partir dos resíduos orgânicos, 51,54kg de materiais foram reciclados a partir dos resíduos recicláveis e até mesmo 8,20 KMH de combustível energético foi gerado a partir de resíduos classificados como “outros”. 

Essa iniciativa resultou em 117,69 kg de CO2 compensados e 0,28 m3 de aterro economizados. A “Musa” não apenas demonstrou a eficácia de seu sistema, mas também reforçou a importância de repensar nossa abordagem em relação ao lixo e de entender que somos nós quem moldaremos nosso futuro.

Baixe as apresentações realizadas

O alinhamento entre a preservação ambiental e o desenvolvimento econômico sustentável

Lawrence Wahba

Cineasta, documentarista, mergulhador e apresentador, National Geographic

Inovação e políticas públicas para viabilizar um futuro sustentável

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Jaime Elias Verruck

Secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Mato Grosso do Sul

O papel das empresas e do líder empresarial

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Reflexões sobre as Mudanças Climáticas: Impactos econômicos e sociais

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Zezé Zakia

Membro de equipe técnica, Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais – IPEF

Projetos de infraestrutura e de alta complexidade

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Herbert Moura Rego

Coordenador-Geral de Licenciamento Ambiental, IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Rita Alves Silva

Subsecretária de Sustentabilidade Substituta, Ministério de Minas e Energia – MME

Amazônia: Desenvolvimento sustentável da região e a "floresta em pé"

Moderação:

Contextualização ONG Vaga Lume

Participações no painel:

Adriana_Ramos

Adriana Ramos

Representante da Sociedade Civil, Comitê Orientador do Fundo Amazônia – COFA

Mário Mantovani

Diretor Institucional, Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente – ANAMMA

Valéria_Lapa

Valéria Lapa

Gerente de Relacionamento Parcerias e Captação, Fundação Amazônia Sustentável – FAS

Os desafios ambientais na cadeia de fornecimento

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Programas socioeconômicos e ambientais

Moderação e contextualização:

Participantes do painel:

Comentarista do painel:

Revisitando o licenciamento ambiental

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Alaimar Fiuza

Presidente, IEMA – Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hidricos do Espírito Santo

Thomaz Toledo

Presidente, CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo

Vitor_Salum

Vitor Salum

Subsecretário de Regularização Ambiental, SEMAD – Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais

Prevenção e combate a crimes ambientais

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Inovação impulsionando negócios sustentáveis

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Rodrigo_Bressane

Rodrigo Bressane

Diretor Jurídico, Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso – FAMATO

Negócios de impacto

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Comunidades tradicionais nos projetos de infraestrutura

Moderação e contextualização:

Luciana Gil

Sócia Conselheira da Área Ambiental, ESG e Mudanças Climáticas, Bichara Advogados

Participações no painel:

Presente e Futuro da Política Nacional e Resíduos Sólidos

Participações no painel:

Moderação e contextualização:

Roberto_Rocha

Roberto Rocha

Presidente, Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis – ANCAT

Segurança hídrica: Legislação, competências e desafios

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Mobilidade Sustentável

Moderação e contextualização:

Itamar Lessa

Diretor de Comercialização, Casa dos Ventos Energias Renováveis

Participações no painel:

Adriano Barros

Diretor de Relações Públicas e Governamentais, General Motors South America

Sociobioeconomia: Projetos de conservação e desenvolvimento sustentável dos nossos biomas

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Investimentos ESG: o que pensa o mercado financeiro

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Felipe Hirai

Sócio, co-CIO e membro da equipe de gestão, Dahlia Capital.

Gerenciamento ambiental de operações essenciais

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Régis_Fontana

Régis Fontana Pinto

Analista Ambiental, Programa de Parcerias de Investimentos da Casa Civil da Presidência da República

Descarbonização da indústria

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Enio_Fonseca

Ênio Fonseca

Conselheiro FMASE e Gestor AMF – Associação das Mineradoras de Ferro do Brasil

Transição energética: O caminho para efetivação dos projetos zero carbono

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Joaquim_Seabra

Joaquim Seabra

Professor Associado da Faculdade de Engenharia Mecânica, Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP

Contextualização Brazil Foundation:

Tropicalizando o Mercado de Carbono

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Humberto Mota Filho

Consultor Jurídico Sênior, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES

Logística reversa e economia circular nas cidades, indústrias e varejo

Moderação e contextualização:

Participações no painel:

Armando Junior

Secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Prefeitura de São Paulo

Liv_Nakashima

Liv Nakashima

Diretora de Gestão Corporativa, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB

Uma revisitação do sistema de responsabilidade por dano ambiental

Como podemos aperfeiçoar os procedimentos ambientais?

    • Boas práticas e inovações metodológicas nas etapas do licenciamento ambiental

A consolidação da agenda ESG nas empresas, mapeamento da cadeia de valor e construção da matriz de materialidade

Gestão ambiental nas fases de implantação e operação de empreendimentos de infraestrutura

Responsabilidade social corporativa

Governança socioambiental e gestão de conflitos: cases e vivências práticas

Definindo um inventário de emissões e um modelo de transição energética e descarbonização

Estudos ambientais: Conceito, elaboração e dificuldades atuais

Relatórios de sustentabilidade, indicadores framework de mercado e certificação ESG

Direito Ambiental: Atualizações legais e responsabilidades, do licenciamento à gestão socioambiental

Diversidade, Equidade e Inclusão na agenda ESG: construção de modelos, resultados e adequação de estratégias

Aplicação de novas tecnologias e inovação no licenciamento ambiental

    • Aquisição e gestão de dados
    • Soluções geoespaciais

Programas de comunicação com comunidades e gestão de conflitos

Luciana Gil

Sócia Conselheira da Área Ambiental, ESG e Mudanças Climáticas, Bichara Advogados

Pré-diagnóstico social: estratégia preditiva e preventiva de riscos sociais para aprimorar o diagnóstico socioambiental tradicional

Greenwashing e outros riscos de imagem e reputação para as empresas

Reações

Patrocínio Ouro

Parceiros de Conteúdo

Parceiros institucionais